Tag Archives: Oscar 2011

Oscar 2011: passado ou bem passado?

Steven Spielberg é um sábio. Sou fã do homem. Antes de entregar o Oscar de melhor filme, o cineasta mais famoso do mundo disse que quem ganhasse se juntaria a filmes como O Poderoso Chefão e que quem perdesse estaria ao lado de Touro Indomável. Steven, um homem que tem noção boa de perenidade, provavelmente já previa a vitória de O Discurso do Rei, um filme do qual o mundo se esquecerá em alguns meses, sobre A Rede Social, um filme que representa uma época.

Com a vitória do filme inglês, a Academia perdeu a oportunidade de parecer uma entidade extraterrena, coisa qua havia conseguido nos últimos anos, celebrando filmes que, bem ou mal, estavam de acordo o momento. Não que um filme de época seja necessariamente alienado, mas o recorte biográfico da vida George VI, um rei esquecido pelo tempo, metaboliza uma história de superação forjando a importância de seu protagonista na Segunda Guerra Mundial com uma série de armadilhas de roteiro escondidas por um acabamento técnico apenas correto.

A meu ver, O Discurso do Rei se junta mesmo a títulos como Carruagens de Fogo e Conduzindo Miss Daisy, filmes quadradinhos, totalmente trabalhados no emocional e cheios de fórmulas. Pelo menos, nos dois casos, os diretores, que não fizeram mais do que apertarem os botões, não foram igualmente agraciados. O do primeiro sequer foi indicado. Se o mundo fosse justo, este seria o destino de Tom Hooper. Mas o mundo não é. E David Fincher, que fez um trabalho muito superior, se viu derrotado pelo mais fraco de seus concorrentes. Não precisava.

O prêmio para Colin Firth seria menos óbvio se seu principal adversário não tivesse ganho no ano anterior. Jeff Bridges havia vencido por uma interpretação menos complexa, derrotando por sinal o próprio Firth, que ainda ganhou os pontos da compensação, que ajudou a pesar a balança pro seu lado. Essa regra não funcionou para a veterana Annette Bening que poderia ser a zebra entre as melhores atrizes, mas cujo trânsito entre a categoria e sua própria história, inclusive no Oscar, não foram suficientes para barrar a sempre mediana Natalie Portman, em sua interpretação mais esforçada.

Christian Bale, melhor performance indicada este ano (contando todas as categorias de atuação), ganhou merecidamente o prêmio de coadjuvante, diminuindo o número de troféus do filme inglês. Melissa Leo driblou sua campanha de auto-difamação que repercutiu mal na imprensa e duas boas apostas, Hailee Steinfeld e Helena Bonham-Carter, mas a grande atriz fora das telas vendeu a imagem de uma Suzana Vieira norte-americana, arrogante, histriônica, barraqueira e deselegante. Pena que Kirk Douglas, genial em sua apresentação do prêmio que ela ganharia, teve que ver aquilo de perto.

A cerimônia desta noite foi bem interessante, embora muitos prêmios tenham sido ruins. Mas dois nomes garantiram nossa festa. O primeiro foi Trent Reznor, do Nine Inch Nails, que ao lado de Atticus Ross assinou a trilha sonora de A Rede Social, que derrotou o conformismo. Foi um dos grandes momentos da noite. O outro nome foi o de Anne Hathaway, a apresentadora, deliciosamente simpática e brincalhona. Seu par, James Franco, estava bem, mas ela dominou a cerimônia, mais curta do que no ano passado.

Numa lista de filmes ruins, Em Um Mundo Melhor, que não é ótimo, mas não envergonha a diretora foi justamente homenageado. Foi a mesma lógica do quesito de canção. Só havia uma boa música. Justamente “We Belong Together”, de Toy Story 3, a que ganhou. O prêmio para a fotografia de A Origem pode não ser o mais justo, mas indica que a Academia pode estar ampliando seus critério desta categoria. Mesmo assim, é imperdoável que Bravura Indômita tenha saído sem prêmios da festa, mesmo diante de suas dez indicações. Interessante foi ver O Discurso do Rei falhar justamente em sua seara, direção de arte e figurinos.

Para compensar, a Academia produziu um clipe risível em que um voice over do filme que seria o vencedor atravessa os dez indicados a melhor filme. Acaso, descuido ou uma edição didática como a do filme de Tom Hooper. É, Steven Spielberg estava certo em seu discurso conciliador. Assim como Rick Baker, mestre numa arte prestes a terminar, a maquiagem, que levou seu sétimo Oscar, a Academia precisa ter cuidado para não se juntar a ele. Não como vencedor, mas no quesito “obsoleto”.

17 Comments

Filed under Prêmios

Oscar 2011: apostas finais

Colin Firth Tom Hooper

filme

127 Horas EstrelinhaEstrelinha, Danny Boyle
Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Joel e Ethan Coen
Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Darren Aronofsky
O Discurso do Rei EstrelinhaEstrelinha, Tom Hooper
Inverno da Alma EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Debra Granik
Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Lisa Cholodenko
A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Christopher Nolan
A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, David Fincher
Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Lee Unkrich
O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, David O. Russell

quem ganha: O Discurso do Rei
quem ameaça: A Rede Social
quem deveria: Toy Story 3
quem faltou: Namorados para Sempre

direção

Darren Aronofsky, Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
David Fincher, A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
David O. Russell, O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Joel e Ethan Coen, Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Tom Hooper, O Discurso do Rei EstrelinhaEstrelinha

quem ganha: David Fincher, A Rede Social
quem ameaça: Tom Hooper, O Discurso do Rei
quem deveria: David Fincher, A Rede Social
quem faltou: David Michôd, Reino Animal

Annette Bening Julianne Moore

atriz

Annette Bening, Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Jennifer Lawrence, Inverno da Alma EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Michelle Williams, Blue Valentine EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Natalie Portman, Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Nicole Kidman, Reencontrando a Felicidade EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

quem ganha: Annette Bening, Minhas Mães e Meu Pai
quem ameaça: Natalie Portman, Cisne Negro
quem deveria: Jennifer Lawrence, Inverno da Alma
quem faltou: Tilda Swinton, Eu Sou o Amor

ator

Colin Firth, O Discurso do Rei EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Jesse Eisenberg, A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
James Franco, 127 Horas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Javier Bardem, Biutiful EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Jeff Bridges, Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

quem ganha: Colin Firth, O Discurso do Rei
quem ameaça: ninguém
quem deveria: Jesse Eisenberg, A Rede Social
quem faltou: Ryan Gosling, Namorados para Sempre

Christian Bale

ator coadjuvante

Christian Bale, O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Geoffrey Rush, O Discurso do Rei EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Jeremy Renner, Atração Perigosa EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
John Hawkes, Inverno da Alma EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Mark Ruffalo, Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

quem ganha: Christian Bale, O Vencedor
quem ameaça: Geoffrey Rush, O Discurso do Rei
quem deveria: Christian Bale, O Vencedor
quem faltou: Kieran Culkin, Scott Pilgrim contra o Mundo

atriz coadjuvante

Amy Adams, O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Hailee Steinfeld, Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Helena Bonham-Carter, O Discurso do Rei EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Melissa Leo, O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Jackie Weaver, Animal Kingdom EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

quem ganha: Hailee Steinfeld, Bravura Indômita
quem ameaça: Melissa Leo, O Vencedor
quem deveria: Hailee Steinfeld, Bravura Indômita
quem faltou: Maricel Alvarez, Biutiful

Jesse Eisenberg

roteiro adaptado

Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Ethan Coen, Joel Coen
127 Horas, Danny Boyle, Simon Beaufoy
Inverno da Alma EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Debra Granik, Anne Rosellini, Daniel Woodrell
A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Aaron Sorkin
Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Michael Arndt

quem ganha: A Rede Social
quem ameaça: Toy Story 3
quem deveria: Toy Story 3
quem faltou: Como Treinar Seu Dragão

roteiro original

Another Year, Mike Leigh
O Discurso do Rei EstrelinhaEstrelinha, David Seidler
Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Lisa Cholodenko, Stuart Blumberg
A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Christopher Nolan
O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Eric Johnson, Scott Silver, Paul Tamasy

quem ganha: O Discurso do Rei
quem ameaça: A Origem
quem deveria: O Vencedor
quem faltou: Namorados para Sempre

Lee Unkrich Pixar Disney

animação

Como Treinar Seu Dragão EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Dean DeBlois, Chris Sanders
O Mágico EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Sylvain Chomet
Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Lee Unkrich

quem ganha: Toy Story 3
quem ameaça: Como Treinar Seu Dragão
quem deveria: Toy Story 3
quem faltou: Meu Malvado Favorito

filme em língua estrangeira

Biutiful (México) EstrelinhaEstrelinha, Alejandro Gonzalez Iñarritu
Dente Canino (Grécia)
Em um Mundo Melhor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha (Dinamarca), Susanne Bier
Fora da Lei EstrelinhaEstrelinha (Argélia), Rachid Bouchareb
Incendies EstrelinhaEstrelinha (Canadá), Denis Villeneuve

quem ganha: Em um Mundo Melhor
quem ameaça: Biutiful
quem deveria: Em um Mundo Melhor
quem faltou: Tio Boonmee que Pode Recordar Suas Vidas Passadas

Jeff Bridges, Joel Coen, Ethan Coen

fotografia

Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Matthew Libatique
Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Roger Deakins
A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Wally Pfister
A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Jeff Cronenweth
O Discurso do Rei EstrelinhaEstrelinha, Danny Cohen

quem ganha: Bravura Indômita
quem ameaça: A Origem
quem deveria: Bravura Indômita
quem faltou: Ilha do Medo

montagem

127 Horas, Estrelinha Jon Harris
Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Andrew Weisblum
O Discurso do Rei EstrelinhaEstrelinha, Tariq Anwar
A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Kirk Baxter, Angus Wall
O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Pamela Martin.

quem ganha: A Rede Social
quem ameaça: O Discurso do Rei
quem deveria: A Rede Social
quem faltou: Enterrado Vivo

Mia Wasikowska

figurinos

Alice no País das Maravilhas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Colleen Atwood
O Discurso do Rei EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Jenny Beavan
Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Mary Zophres
Eu Sou o Amor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Antonella Cannarozzi
A Tempestade, Sandy Powell

quem ganha: Alice no País das Maravilhas
quem ameaça: O Discurso do Rei
quem deveria: Alice no País das Maravilhas
quem faltou: Tron: O Legado

direção de arte

Alice no País das Maravilhas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Robert Stromberg; Karen O’Hara, Peter Young
Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Jess Gonchor; Nancy Haigh
O Discurso do Rei EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Eve Stewart; Judy Far
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Stuart Craig; Stephanie McMillan
A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Guy Dyas; Lisa Chugg, Paul Healy, Douglas A. Mowat

quem ganha: O Discurso do Rei
quem ameaça: Bravura Indômita
quem deveria: Bravura Indômita
quem faltou: Ilha do Medo

Joe Johnston

maquiagem

Caminhos da Liberdade
O Lobisomem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
A Minha Versão do Amor

quem ganha: O Lobisomem
quem ameaça: A Minha Versão do Amor
quem deveria: O Lobisomem
quem faltou: Alice no País das Maravilhas

documentário em longa-metragem

Inside Job EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Charles Ferguson
Restrepo EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Tim Hetherington, Sebastian Junger
Lixo Extraordinário EstrelinhaEstrelinha, Lucy Walker, Karen Harley, João Jardim
Exit Through the Gift Shop EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Banksy
Gasland, Josh Fox

quem ganha: Trabalho Interno
quem ameaça: Lixo Extraordinário
quem deveria: Trabalho Interno
quem faltou: Waiting for ‘Superman’

Tangled

canção

“Coming Home”, Country Strong
“I See the Light”, Enrolados EstrelinhaEstrelinha
“If I Rise”, 127 Horas EstrelinhaEstrelinha
“We Belong Together”, Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

quem ganha: “We Belong Together”, Toy Story 3
quem ameaça: “I See the Light”, Enrolados
quem deveria: “We Belong Together”, Toy Story 3
quem faltou: “Sticks and Stones”, Como Treinar Seu Dragrão

trilha sonora

127 Horas Estrelinha, A.R. Rahman
Como Treinar Seu Dragão EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, John Powell
O Discurso do Rei EstrelinhaEstrelinha, Alexandre Desplat
A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Hans Zimmer
A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Trent Reznor, Atticus Ross

quem ganha: O Discurso do Rei
quem ameaça: Como Treinar Seu Dragão
quem deveria: A Rede Social
quem faltou: O Escritor Fantasma

Jeff Bridges, Tron: Legacy

edição de som

Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Incontrolável EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Tron: O Legado EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

quem ganha: A Origem
quem ameaça: Incontrolável
quem deveria: Tron: O Legado
quem faltou: Como Treinar Seu Dragão

mixagem de som

Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
O Discurso do Rei
A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Salt EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

quem ganha: Bravura Indômita
quem ameaça: A Origem
quem deveria: A Origem
quem faltou: Tron: O Legado

Ralph Fiennes

efeitos visuais

Além da Vida EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Alice no País das Maravilhas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
Homem de Ferro 2 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

quem ganha: A Origem
quem ameaça: Alice no País das Maravilhas
quem deveria: A Origem
quem faltou: Scott Pilgrim contra o Mundo

2 Comments

Filed under Prêmios

O Oscar do passo para trás?

A Academia promete dar um passo para trás neste domingo com a provável premiação de O Discurso do Rei com o prêmio de melhor filme do ano. O longa de Tom Hooper, que chega à reta final da disputa como franco-favorito, está longe de ser o filme ruim, demonizado nas redes sociais, mas representa um tipo de produção que o Oscar tinha deixado de lado nos últimos muitos anos. Mesmo quando premiou aberrações como Crash, a Academia parecia estar interessada em modernizar sua premiação, conversar com os espectadores, parecer contemporânea, atual. Parecia um grito de “se a gente não fizer alguma coisa, eles vão abandonar nosso ganhã-pão de vez”.

O Oscar celebrava coisas tão distantes da realidade que ficava difícil para o espectador validar a premiação. O problema não se resolveu, mas melhorou. Em outros tempos, O Curioso Caso de Benjamin Button ganharia facilmente o prêmio, mas a Academia preferiu um comentário pop sobre a globalização, Quem Quer Ser um Milionário?, e, no ano passado, além de eleger um filme sobre a guerra no Iraque, deu a uma mulher o Oscar de melhor direção. Anos antes, era um filme difícil dos eternos “independentes” irmãos Coen quem levava o prêmio. Tempos que mudam.

Pela lógica, ninguém tiraria o Oscar deste ano de A Rede Social. Embora não seja um filme dos mais inovadores, ele preenche vários requisitos: 1) é sobre o Facebook, a rede que tem mais de 500 milhões de usuários no planeta, o ano assunto do momento entre os internautas comuns; 2) é uma história real, sobre a ascenção de um bilionário; 3) é baseado num livro famoso; 4) tem atores competentes, edição ágil que garante a modernidade, mas não agride os tradicionalistas e um diretor com quase 20 ano de estrada, já indicado ao Oscar, que fez um trabalho celebrado por toda a crítica. O filme do ano estaria no forno.

Mas Hollywood parece ter chegado a seu ponto máximo em se tratamento desse empenho em parecer moderna. De repente, numa velocidade galopante, os sindicatos de categoria começaram, em peso, a virar o jogo. O Discurso do Rei, um filme sobre um recorte na vida de um rei de importância nula na história da Grã-Bretanha, ganhou ares de pequeno épico pessoal, aquele tipo de filme que a Academia adorava premiar. O longa que, repito, não é ruim, tem uma estrutura convencional, mofada, que se ergue baseado em armadilhas dramáticas para cooptar o espectador comum, virou favorito.

A produção dos irmãos Weinstein, que tinham feito campanhas de marketing impecáveis para O Paciente Inglês e Shakespeare Apaixonado, dois vencedores do principal Oscar, ganhou os prêmios dos sindicatos dos produtores, dos diretores e dos atores. A gagueira do rei parecia filme de antigamente, não ofendia ninguém, tinha tom conciliador, elenco de estirpe, produção elegante. Um filme bem mediano começou a ser entendido como um grande filme.

Como toda a indústria comprou este discurso, é bem difícil acontecer outra coisa. O filme deve ganhar o Oscar principal, deixando A Rede Social, bem mais merecedor com um possível prêmio de consolação para o diretor David Fincher. Coisa que aconteceu em casos semelhantes, como quando Ang Lee ganhou nesta categoria com O Segredo de Brokeback Mountain contra Crash ou, anos antes, Steven Soderbergh fez o mesmo com Traffic, diante de Gladiador. Se Tom Hooper foi o vencedor aqui – e ele pode ser já que o filme foi eleito do Sindicato dos Diretores – realmente temos um grande problema em Hollywood.

3 Comments

Filed under Prêmios

O Oscar dos Meus Sonhos – versão 2011

Se eu decidisse os indicados ao Oscar, a lista seria esta:

filme

Bravura Indômita
Como Treinar Seu Dragão
O Escritor Fantasma
Um Lugar Qualquer
Machete
Namorados para Sempre
Reino Animal
A Rede Social
Toy Story 3
O Vencedor

direção

David Fincher, A Rede Social
David Michôd, Reino Animal
Derek Cianfrance, Namorados para Sempre
Ethan Coen e Joel Coen, Bravura Indômita
Lee Unkrich, Toy Story 3

ator

Colin Firth, O Discurso do Rei
James Franco, 127 Horas
Jeff Bridges, Bravura Indômita
Jesse Eisenberg, A Rede Social
Ryan Gosling, Namorados para Sempre

atriz

Hailee Steinfeld, Bravura Indômita
Jennifer Lawrence, Inverno da Alma
Michelle Williams, Namorados para Sempre
Natalie Portman, Cisne Negro
Tilda Swinton, Eu Sou o Amor

ator coadjuvante

Christian Bale, O Vencedor
Geoffrey Rush, O Discurso do Rei
Kieran Culkin, Scott Pilgrim contra o Mundo
Matt Damon, Bravura Indômita
Pierce Brosnan, O Escritor Fantasma

atriz coadjuvante

Jackie Weaver, Reino Animal
Kristin Scott-Thomas, O Garoto de Liverpool
Maricel Alvarez, Biutiful
Marion Cottilard, A Origem
Melissa Leo, O Vencedor

roteiro original

Enterrado Vivo
Um Lugar Qualquer
Monstros
Namorados para Sempre
Reino Animal

roteiro adaptado

Bravura Indômita
Como Treinar Seu Dragão
O Escritor Fantasma
A Rede Social
Toy Story 3

filme estrangeiro

Dias Violentos (Geórgia)
Homens e Deuses (França)
Morrer como um Homem (Portugal)
A Primeira Coisa Bela (Itália)
Tio Boonmee que Pode Recordar Suas Vidas Passadas (Tailândia)

filme de animação

Como Treinar Seu Dragão
O Mágico
Toy Story 3

fotografia

Bravura Indômita
Cisne Negro
Enterrado Vivo
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1
Ilha do Medo

montagem

Bravura Indômita
Como Treinar Seu Dragão
Enterrado Vivo
Machete
A Rede Social

direção de arte

Alice no País das Maravilhas
Bravura Indômita
Ilha do Medo
A Origem
Tron: O Legado

figurinos

Alice no País das Maravilhas
O Discurso do Rei
Eu Sou o Amor
O Garoto de Liverpool
Tron: O Legado

maquiagem

Alice no País das Maravilhas
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1
O Lobisomem

trilha sonora

Bravura Indômita
Como Treinar Seu Dragão
O Escritor Fantasma
Eu Sou o Amor
A Rede Social

canção

“Better Days”, Comer Rezar Amar
“Neutron Star Collision (Love is Forever)”, Eclipse
“Ramona”, Scott Pilgrim contra o Mundo
“Sticks and Stones”, Como Treinar Seu Dragão
“We Belong Together”, Toy Story 3

mixagem de som

Ilha do Medo
Incontrolável
A Origem
Toy Story 3
Tron: O Legado

edição de som

Como Treinar Seu Dragão
A Origem
Scott Pilgrim contra o Mundo
Ilha do Medo
Tron: O Legado

efeitos visuais

Além da Vida
Alice no País das Maravilhas
A Origem
Scott Pilgrim contra o Mundo
Tron: O Legado

4 Comments

Filed under Prêmios

Quem vai ganha o Oscar 2011?

Jesse Eisenberg

Eu não sei e você? O fato é que chegamos a um ponto da corrida pelo Oscar em que as coisas de fato se embaralharam na categoria principal. A Rede Social continua como franco-favorito (é o “filme do ano”, o “filme do momento”, saudado pelos críticos, celebrado pelos guilds com muitas indicações), mas a dúvida é: esse filme tem cara de Oscar? Talvez não. Mas a tal “cara do Oscar”, essa tem mudado e muito.

Por uma lógica de tradição, O Discurso do Rei, longa inglês sobre um rei gago em forma de pequeno épico, teria o perfil exato de filme premiado no Oscar. Produção requintada, celebrada pela crítica, vários atores de respeito, história de nobreza (literalmente e indiretamente). Mas já faz algum tempo que esse tipo de filme tem fracassado na reta final do prêmio.

Olhe pra trás. No ano passado, Guerra ao Terror ganhou o Oscar de melhor filme. Um filme pequeno, contemporâneo, de guerra, sobre soldados, em tom documental, dirigido por uma mulher. Esse filme tem o perfil de ganhador do Oscar? Não se levarmos em conta o perfil que entrou no imaginário popular como o de vencedor. Mas o Oscar, de uns anos pra cá, resolveu se modernizar. Aos poucos, mas de uma maneira linear.

Colin Firth Tom Hooper

Em 2008, Quem Quer Ser um Milionário? derrubou O Curioso Caso de Benjamin Button, que atenderia muito mais aos padrões do Oscar, justamente num momento em que os Estados Unidos pareciam querer fazer as pazes com o mundo, pedindo perdão pelo impopular George W. Bush e suas guerras. Venceu Bollywood e o mundo globalizado. “A gente ama vocês também”, gritava a Academia.

Um ano antes, os irmãos Coen ganharam o prêmio em Onde os Fracos Não Têm Vez, um western contemporâneo, anti-climático, esquisito. Bateu Desejo e Reparação, drama de época baseado em autor celebrado e que já tinha ganho o Globo de Ouro. Os Infiltrados e Crash também versavam sobre tempos e temas atuais. Uma tendência? Talvez não de uma forma ostensiva, mas crescente.

É por essas e outras que eu ainda não vejo as coisas tão abaladas para o lado de A Rede Social. Nem por conta das 12 indicações de O Discurso do Rei. Quatro a mais que o filme de David Fincher. Quase todas eram esperadas ou eram possibilidades fortes: filme de época já se valida em várias categorias e com um elenco cheio de nomes respeitados, ganha bastante em corpo de indicações. Resultado: parece que está tudo no lugar certo. Por enquanto, parece que vai aparecer a opção “curtir” ao lado da tela no próximo dia 27.

mais Oscar 2011:

- Indicados em todas as categorias
- Reflexões sobre os indicados

8 Comments

Filed under Prêmios

Oscar 2011: reflexões

Esse será o Oscar dos outsiders. Até pouco tempo atrás, David Fincher, Darren Aronofsky e David O. Russell eram diretores que a Academia sequer considerava em suas listas de melhores do ano. Cineastas jovens, cujas experimentações temáticas e estéticas pareciam brincadeiras para uns e abusos para outros. Todos tiveram que traçar um caminho, que passou por uma amadurecimento de seus cinemas ao mesmo tempo em que seus temas ficaram mais palatáveis para o Oscar. Foi um caminho longo.

Fincher, amado e odiado por Seven e Clube da Luta, bateu na trave com O Curioso Caso de Benjamin Button, que tem um perfil de épico intimista agradabilíssimo à Academia, mas que esbarrou no momento. Aquele era o ano de os Estados Unidos fazerem as pazes com o mundo, pedindo perdão por Bush, dando sua benção para a vinda de Obama, elegendo o globalizado Quem Quer Ser um Milionário?. Já A Rede Social conquista fácil: os moderninhos amam porque fala sobre o Facebook, conversa com nossa época. E os velhinhos vêem um filme careta, formal, gostoso de se assistir.

Darren Aronofsky viu sua atriz, Ellen Burstyn, e apenas ela concorrer ao Oscar de melhor atriz por Réquiem para um Sonho; foi ignorado solene e merecidamente por Fonte da Vida e voltou ao mapa com seu filme menos ousado, pelo menos formalmente: O Lutador. Mas somente com Cisne Negro, finalista em praticamente todos os prêmios da crítica e pelo qual concorre ao Directors Guild of America pela primeira vez, que conseguiu ser aprovado pelo Oscar. O curioso é que o novo filme, um balé de alucinação e horror, não é bem o que a Academia gosta.

David O. Russell ficou famoso com a fotografia cheia de filtros e a montagem acelerada de Três Reis. Depois fez o cultuado indie Huckabees. Precisou de mais de dez anos e de seu filme mais convecional para entrar na lista do Oscar. O Vencedor reúne várias coisas que a Academia ama: é um drama familiar, um filme de boxe, tem vários atores bons e conta uma história real e de superação.

Outro que poderia se enquadrar nessa linhagem é Christopher Nolan. Ele teve uma chance com seu primeiro hit, Amnésia, mas não passou da menção em roteiro. Viu seu adorado Batman – O Cavaleiro das Trevas falhar nas categorias principais e agora, quando parecia um “lock” com A Origem, igualmente excessivamente ovacionado, perde a indicação em direção. Pedido de desculpas extraviado.

Mas o Oscar não está tão diferente assim: O Discurso do Rei prova que uma história de época ainda faz a Academia babar. Os Coen aparecem na lista com um remake de um filme clássico e com o gênero mais norte-americano de todos, o western. Toy Story 3, o filme mais unânime do ano, também aparece, garantindo a vaga na animação no sistema de cotas dos dez indicados, junto com Minhas Mães e Meu Pai, que ocupa o lugar da “prova de que a Academia é moderna”, já reservada a Pequena Miss Sunshine e Juno, indies que não ofendem ninguém. 127 Horas conta uma história real de drama e de dor. Já viu, né?

O único duelo parecia ser mesmo entre Atração Perigosa, de Ben Affleck, e Inverno na Alma, de Debra Granik. O primeiro seria a celebração de um jovem que o Oscar já havia premiado ainda filhote, um fruto da Academia, comandando um filme policial de natureza grande. O segundo, o enlace perfeito entre a Academia e todos os prêmios da crítica, que fizeram dele seu escolhido do ano entre os filmes independentes. E a Academia renegou seu filho e escolheu o corpo estranho.

A última vaga

Entre os diretores, Fincher, Hooper e Aronofsky eram os favoritos, juntamente com Chris Nolan, mas a vaga resolveu acabar com o duelo entre David O. Russell, de O Vencedor, e os irmãos Coen e seu Bravura Indômita, pela vaga final, ignorando Nolan e escolhendo O. Russell e os Coen.

Neste ano, valeu a regra da última vaga para os atores. Em praticamente todas as categorias havia quatro “indicações certas” e uma grande dúvida. Na categoria de melhor ator, Firth, Franco, Eisenberg e Bridges pareciam “locks” desde o começo. A última vaga era uma disputa de gerações: de um lado, Robert Duvall, Oscar na estante, lenda viva do cinema norte-americano, num filme pouco visto, Get Low. Do outro, Ryan Gosling, jovem dínamo já indicado ao Oscar, num filme igualmente pouco visto e muito elogiado, Blue Valentine. No meio, azarões: Paul Giamatti, boa aposta por A Minha Versão do Amor, e Javier Bardem, estrangeiro já premiado com o Oscar, por Biutiful. Venceu o espanhol consagrado.

Entre as atrizes, a mesma lógica: as favoritas Portman e Bening e as celebradas Kidman e Lawrence. Sobrava a vaga final, que tinha em Hailee Steinfeld, de Bravura Indômita, uma grande aposta, mas a campanha como coadjuvante a tirou do páreo. A segunda opção seria apostar no indie Blue Valentine e abraçar sua protagonista Michelle Williams, que já concorreu ao Oscar, ou então reprisar o SAG e investir em Hilary Swank, medíocre no medíocre Conviction. Seria como evitar pensar muito e celebrar uma atriz que já ganhou dois Oscars. E aí deu Williams.

Hailee Steinfeld falhou entre as protagonistas, mas teve votos suficientes para aparecer entre as coadjuvantes. Ela e mais Adams, Leo e Bonham-Carter eram apostas certeiras desde o começo da corrida ao Oscar. A vaga final tinha uma disputa de veteranas: Jackie Weaver, de Reino Animal, que sofria com o fato de ser australiana e não ter sido tão vista, Leslie Manville, de Another Year, que aparece desde semore nas listas e falhou em praticamente todos os precursores, e duas atrizes de Cisne Negro, a veterana Barbara Hershey, pouco citada, e a jovem Mila Kunis, que recebeu bem mais atenção da crítica. E o que o Oscar faz? Aposta no carisma magnético de Weaver.

Na categoria de ator coadjuvante, Christian Bale era o franco favorito desde sempre. Ninguém duvidava que Geoffrey Rush e Mark Ruffalo estariam a seu lado. E pouca gente não apostava em Jeremy Renner. A questão é: quem fecharia a lista? As possibilidades eram John Hawkes, do indie do ano Inverno na Alma, escolhido pelo SAG e com anos de estrada, mas pouco conhecido, e a jovem estrela Andrew Garfield, contraposto do filme do momento, A Rede Social, e o novo Homem-Aranha. E uma saída seria acolher mais uma vez Matt Damon, por Bravura Indômita. Nome forte e de quem todo mundo gosta. A Academia não subiu pelas paredes desta vez e escolheu o veterano que ninguém conhece.

3 Comments

Filed under Prêmios

Oscar 2011: apostas finais

Resolvi arriscar e apostei numas coisas estranhas neste ano. Amanhã saem os indicados ao Oscar 2011. Estas são minhas ideias sobre as coisas deverão ser. As estrelinhas são minhas cotações pessoais para cada indicado.

Ralph Fiennes
efeitos visuais

1 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Tron: O Legado EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Alice no País das Maravilhas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 Além da Vida EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

alternativas: 1 Homem de Ferro 2 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha; 2 Scott Pilgrim contra o Mundo EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha.

Tony Scott
edição de som

1 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Tron: O Legado EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 127 Horas
4 Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 Incontrolável EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

alternativas: 1 Como Treinar Seu Dragão EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha; 2 Homem de Ferro 2 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha.

Jeff Bridges, Tron: Legacy
mixagem de som

1 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Tron: O Legado EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

alternativas: 1 Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha; 2 127 Horas.

Tangled
canção

1 “We Belong Together”, Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 “I See the Light”, Enrolados EstrelinhaEstrelinha
3 “You Haven’t Seen the Last of Me”, Burlesque
4 “Shine”, Waiting for Superman
5 “Coming Home”, Country Strong

alternativas: 1 “If I Rise”, 127 Horas; 2 “Better Days”, Comer, Rezar, Amar EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha.

Dean Deblois, Chris Sanders
trilha sonora

1 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Hans Zimmer
2 Como Treinar Seu Dragão EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, John Powell
3 A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Trent Reznor, Atticus Ross
4 O Escritor Fantasma EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Alexandre Desplat
5 Alice no País das Maravilhas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Danny Elfman.

alternativas: 1 127 Horas, A.R. Rahman; 2 O Discurso do Rei, Alexandre Desplat.

Joe Johnston
maquiagem

1 Alice no País das Maravilhas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 O Lobisomem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 A Minha Versão do Amor.

alternativas: 1 Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha; 2 O Vencedor EstrelinhaEstrelinha.

Mia Wasikowska
figurinos

1 Alice no País das Maravilhas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Colleen Atwood
2 O Discurso do Rei, Jenny Beavan
3 A Tempestade, Sandy Powell
4 Burlesque, Michael Kaplan
5 Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Amy Wescott.

alternativas: 1 Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Mary Zophres; 2 Tron: O Legado EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Michael Wilkinson.

Martin Scorsese
direção de arte

1 Alice no País das Maravilhas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Robert Stromberg; Karen O’Hara, Peter Young
2 O Discurso do Rei, Eve Stewart; Judy Far
3 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Guy Dyas; Lisa Chugg, Paul Healy, Douglas A. Mowat
4 Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Jess Gonchor; Nancy Haigh
5 Ilha do Medo EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Dante Ferretti; Francesca Lo Schiavo

alternativas: 1 Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Thérèse DePrez; Tora Peterson; 2 Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Stuart Craig; Stephanie McMillan.

Colin Firth Tom Hooper
montagem

A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Kirk Baxter, Angus Wall
O Discurso do Rei, Tariq Anwar
O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Pamela Martin.
127 Horas, Jon Harris
Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Andrew Weisblum.

Jeff Bridges, Joel Coen, Ethan Coen
fotografia

1 Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Matthew Libatique
2 Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Roger Deakins
3 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Wally Pfister
4 Ilha do Medo EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Robert Richardson
5 A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Jeff Cronenweth.

alternativas: 1 127 Horas, Enrique Chediak, Anthony Dod Mantle; 2 O Discurso do Rei, Danny Cohen.

documentário em longa-metragem

Inside Job, Charles Ferguson
3 Restrepo, Tim Hetherington, Sebastian Junger
4 Lixo Extraordinário, Lucy Walker, Karen Harley, João Jardim
5 The Tillman Story, Amir Bar-Lev.

alternativas: 1 Exit Through the Gift Shop EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Banksy; 2 Gasland, Josh Fox.

Javier Bardem
filme em língua estrangeira

1 Biutiful (México) EstrelinhaEstrelinha, Alejandro Gonzalez Iñarritu
2 Incendies (Canadá), Denis Villeneuve
3 Em um Mundo Melhor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha (Dinamarca), Susanne Bier
4 Fora da Lei EstrelinhaEstrelinha (Argélia), Rachid Bouchareb
5 Life Above All (África do Sul), Oliver Schmitz.

alternativas: 1 Confessions (Japão); 2 Even the Rain (Espanha).

Sylvain Chomet
animação

1 Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Lee Unkrich
2 Como Treinar Seu Dragão EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Dean DeBlois, Chris Sanders
3 O Mágico EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Sylvain Chomet

alternativas: 1 Enrolados EstrelinhaEstrelinha, Nathan Greno, Byron Howard; 2 Meu Malvado Favorito EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Pierre Coffin, Chris Renaud.

Lee Unkrich Pixar Disney
roteiro adaptado

1 A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Aaron Sorkin
2 Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Ethan Coen, Joel Coen
3 Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Michael Arndt
4 3 Inverno da Alma EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Debra Granik, Anne Rosellini, Daniel Woodrell
5 O Escritor Fantasma EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Robert Harris, Roman Polanski.

alternativas: 1 127 Horas, Danny Boyle, Simon Beaufoy; 2 Rabbit Hole, David Lindsay-Abaire.

Annette Bening Julianne Moore
roteiro original

1 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Christopher Nolan
2 Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Lisa Cholodenko, Stuart Blumberg
3 O Discurso do Rei, David Seidler
4 O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Eric Johnson, Scott Silver, Paul Tamasy
5 Another Year, Mike Leigh

alternativas: 1 Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Andres Heinz, Mark Heyman, John J. McLaughlin; 2 Blue Valentine, Derek Cianfrance, Joey Curtis, Cami Delavigne.

Jackie Weaver
atriz coadjuvante

1 Helena Bonham-Carter, O Discurso do Rei
2 Melissa Leo, O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Amy Adams, O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 Hailee Steinfeld, Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 Jackie Weaver, Animal Kingdom EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

alternativas: 1 Mila Kunis, Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha; 2 Barbara Hershey, Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha.

Christian Bale
ator coadjuvante

1 Christian Bale, O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Mark Ruffalo, Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Geoffrey Rush, O Discurso do Rei
4 John Hawkes, Inverno da Alma EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 Jeremy Renner, Atração Perigosa EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

alternativas: 1 Andrew Garfield, A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha; 2 Matt Damon, Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha.

Natalie Portman
atriz

1 Natalie Portman, Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Annette Bening, Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Jennifer Lawrence, Inverno da Alma EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 Nicole Kidman, Reencontrando a Felicidade EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 Michelle Williams, Blue Valentine

alternativas: 1 Hailee Steinfeld, Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha; 2 Hilary Swank, Conviction EstrelinhaEstrelinha.

Danny Boyle, James Franco
ator

1 Colin Firth, O Discurso do Rei
2 Jesse Eisenberg, A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 James Franco, 127 Horas
4 Jeff Bridges, Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 Ryan Gosling, Blue Valentine

alternativas: 1 Robert Duvall, Get Low; 2 Paul Giamatti, A Minha Versão do Amor.

Leonardo Di Caprio Christopher Nolan
direção

1 David Fincher, A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Christopher Nolan, A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Darren Aronofsky, Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 Tom Hooper, O Discurso do Rei
5 David O. Russell, O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

alternativas: 1 Joel e Ethan Coen, Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha; 2 Danny Boyle, 127 Horas.

Jesse Eisenberg
filme

1 A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, David Fincher
2 O Discurso do Rei, Tom Hooper
3 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Christopher Nolan
4 Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Darren Aronofsky
5 O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, David O. Russell
6 Bravura Indômita EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Joel e Ethan Coen
7 Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Lee Unkrich
8 Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Lisa Cholodenko
9 Inverno da Alma EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Debra Granik
10 127 Horas, Danny Boyle

alternativas: 1 Atração Perigosa EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Ben Affleck; 2 Ilha do Medo EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Martin Scorsese.

1 Comment

Filed under Prêmios

Oscar 2011: reações ao globo de ouro

Estamos a oito dias do anúncio dos indicados ao Oscar e a entrega do Globo de Ouro não adicionou coisa alguma à corrida pela estatueta dourada. Todos os favoritos ganharam. Ou quase todos. Nos globos, muito mais do que no Oscar, A Origem poderia ser uma ameaça à vitória do frontrunner A Rede Social em algumas categorias, mas a Associação dos Corresponentes Estrangeiros preferiu o drama sobre a criação do Facebook nos quatro quesitos em que os dois filmes se bateram: filme, direção, roteiro e até trilha sonora. Nos dois últimos, A Origem era uma ameaça real.

O prêmio de trilha sonora para Trent Reznor do Nine Inch Nails, por sinal, ajuda a melhorar a sorte do filme nesta categoria, que é uma das mais caretas do Oscar. Os compositores raramente indicam, muito menos premiam, astros pop neste quesito, além de costumarem ignorar trilhas que fogem do padrão clássico, principalmente quando elas contêm elementos eletrônicos. Eu não acharia estranho se Reznor sequer fosse indicado antes desse prêmio. Agora suas chances são maiores. Mas ganhar já é demais.

Ainda sobre o filme de Christopher Nolan, ele deverá ter mais espaço no Oscar já que deve ser indicado em várias categorias técnicas, setores que os globos ignoram. No entanto, no prêmio da Academia, o único filme que parece ser um concorrente à altura do longa de David Fincher na categoria principal ainda é O Discurso do Rei, embora sua eventual vitória pareça cada vez mais distante. Colin Firth ganhou o prêmio de melhor ator dramático e é o franco-favorito ao Oscar. Paul Giamatti, mesmo vencendo no quesito comédia por Minha Versão para o Amor, tem chances rarefeitas de aparecer na lista do Oscar porque a relação de atores dramáticos deste ano tem muitos nomes fortes.

A disputa entre as melhores atrizes foi quem menos sofreu impacto com o Globo de Ouro. Annette Bening e Natalie Portman concorriam em categorias separadas e venceram. Só a Academia desempata essa disputa: Natalie tem uma interpretação mais esforçada e chama naturalmente mais atenção pelo tipo do papel em Cisne Negro, mas Annette pode se beneficiar pelo efeito “essa é a minha vez” em Minhas Mães e Meu Pai, que já deu Oscars a Sandra Bullock, James Coburn e tantos outros. Eu chutaria Annette hoje.

O Vencedor, que já tinha garantido o prêmio para Christian Bale, que, confesso, sempre me pareceu medíocre, mas entrega um desempenho extraordinário no filme. Bale tem ganho tudo e este me parece o Oscar mais certo deste ano. Melissa Leo, que faz bem o perfil de vencedora do troféu da Academia de melhor atriz coadjuvante (atriz experiente, interpretação forte, papel de mãe) disparou na categoria em que a corrida ainda estava bastante confusa – ela também ganhou o Critics Choice. Mas Oscar e Globo nem sempre se acertam neste quesito.

Toy Story 3, isolado na categoria de melhor animação, levou o prêmio. E a música cantada por Cher, “You Haven’t Seen the Last of Me”, levou o prêmio de melhor canção por Burlesque, derrubando concorrentes fracas em sua maioria. Chegará ao Oscar na liderança, se for indicada, claro. Numa noite de obviedades, a única coisa que se pode chamar de surpresa foi Alejandro Gonzalez Iñarritu ter perdido com seu Biutiful, mesmo sendo muito mais conhecido do que Susanne Bier, que ganhou por Em um Mundo Melhor. Mas estamos falando de filmes estrangeiros e, como bem disse Ricky Gervais, essa é uma categoria para a qual ninguém liga nos Estados Unidos.

vencedores

Filme dramático: A Rede Social
Ator dramático: Colin Firth, O Discurso do Rei
Atriz dramática: Natalie Portman, Cisne Negro
Filme comédia ou musical: Minhas Mães e Meu Pai
Ator comédia ou musical: Paul Giamatti, Minha Versão para o Amor
Atriz comédia ou musical: Annette Bening, Minhas Mães e Meu Pai
Direção: David Fincher, A Rede Social
Roteiro: Aaron Sorkin, A Rede Social
Ator coadjuvante: Christian Bale, O Vencedor
Atriz coadjuvante: Melissa Leo, O Vencedor
Filme estrangeiro: Em Um Mundo Melhor (Dinamarca)
Animação: Toy Story 3
Trilha sonora: Trent Reznor e Atticus Ross, A Rede Social
Canção: “You Haven’t Seen The Last of Me” (Diane Warren), Burlesque

3 Comments

Filed under Prêmios

Oscar 2011: apostas para o Globo de Ouro

Bolão Globo de Ouro

A corrida pelo Oscar 2011 começa a esquentar neste domingo com a entrega do Globo de Ouro, o prêmio da Associação dos Críticos Estrangeiros nos Estados Unidos, um dos mais influentes da temporada. Neste ano, a TNT me convidou para participar de um bolão com blogueiros. Cada um aposta nas principais categorias (exceto estrangeiro, roteiro, trilha e canção). Já mandei meus votos, mas aqui resolvi colocar, além dos que eu acredito que serão os vencedores, os demais candidatos, pela ordem de possibilidade que, acredito eu, cada um tem. Fiz algumas apostas arriscadas, eu sei. Aí vão elas:

David Fincher

filme dramático

1 A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 O Discurso do Rei
4 Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

direção

1 David Fincher, A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Christopher Nolan, A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Darren Aronovsky, Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 David O. Russell, O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 Tom Hooper, O Discurso do Rei

roteiro

1 Aaron Sorkin, A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Lisa Cholodenko e Stuart Blumberg, Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Christopher Nolan, A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 Danny Boyle and Simon Beaufoy, 127 Horas
5 David Seidler, O Discurso do Rei

Colin Firth Tom Hooper

ator dramático

1 Colin Firth, O Discurso do Rei
2 James Franco, 127 Horas
3 Jesse Eisenberg, A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 Mark Wahlberg, O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 Ryan Gosling, Blue Valentine

atriz dramática

1 Natalie Portman, Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Jennifer Lawrence, Inverno da Alma EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Nicole Kidman, Reencontrando a Felicidade EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 Michelle Williams, Blue Valentine
5 Halle Berry, Frankie and Alice

Annette Bening Julianne Moore

filme musical ou comédia

1 Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Alice no País das Maravilhas EstrelinhaEstrelinha
3 Burlesque
4 O Turista
5 RED – Aposentados e Perigosos EstrelinhaEstrelinha

ator em musical ou comédia

1 Paul Giamatti, Minha Versão para o Amor
2 Johnny Depp, O Turista
3 Johnny Depp, Alice no País das Maravilhas EstrelinhaEstrelinha
4 Jake Gyllenhaal, O Amor e Outras Drogas
5 Kevin Spacey, Cassino Jack

atriz em musical ou comédia

1 Annette Bening, Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Julianne Moore, Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Anne Hathaway, O Amor e Outras Drogas
4 Angelina Jolie, O Turista
5 Emma Stone, Easy A

Christian Bale

ator coadjuvante

1 Christian Bale, O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Geoffrey Rush, O Discurso do Rei
3 Jeremy Renner, Atração Perigosa EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 Michael Douglas, Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme EstrelinhaEstrelinha
5 Andrew Garfield, A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

atriz coadjuvante

1 Mila Kunis, Cisne Negro EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Helena Bonham Carter, O Discurso do Rei
3 Melissa Leo, O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 Amy Adams, O Vencedor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 Jacki Weaver, Animal Kingdom EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

Lee Unkrich Pixar Disney

animação

1 Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Como Treinar o Seu Dragão EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Meu Malvado Favorito EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 O Mágico EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 Enrolados EstrelinhaEstrelinha

filme em língua estrangeira

1 Biutiful EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 O Concerto
3 I Am Love
4 Em um Mundo Melhor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 The Edge

Leonardo Di Caprio Christopher Nolan

trilha sonora

1 Hans Zimmer, A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Trent Reznor e Atticus Ross, A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Danny Elfman, Alice no País das Maravilhas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 Alexandre Desplat, O Discurso do Rei
5 A.R. Rahman, 127 Horas

canção

1 “You Haven’t Seen The Last of Me”, Burlesque
2 “I See the Light”, Enrolados EstrelinhaEstrelinha
3 “There’s A Place For Us”, As Crônicas de Nárnia: A Viagem do Peregrino da Alvorada
4 “Coming Home”, Country Strong
5 “Bound to You”, Burlesque

4 Comments

Filed under Prêmios

Oscar 2011: segundo round de apostas

Começo agora a postar minha segunda rodada de apostas para o Oscar. Escolhi os filmes que eu acredito que têm mais chances em cada categoria e ainda listei duas alternativas para o caso de zebras. As estrelinhas indicam minha avaliação para cada quesito e não para o filme em si.

Post in progress…

Jeff Bridges, Tron: Legacy

efeitos visuais

(lista de filme elegíveis aqui)

1 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Tron: O Legado EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Alice no País das Maravilhas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 Homem de Ferro 2 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

alternativas: 1 Scott Pilgrim contra o Mundo EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha; 2 As Crônicas de Nárnia: A Viagem do Peregrino da Alvorada.

Dean Deblois, Chris Sanders

edição de som

1 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Tron: O Legado EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 127 Horas
4 Como Treinar Seu Dragão EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 Incontrolável

alternativas: 1 Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha; 2 Homem de Ferro 2 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha.

Leonardo Di Caprio Christopher Nolan

som

1 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 127 Horas
3 Tron: O Legado EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 Bravura Indômita
5 Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

alternativas: 1 Como Treinar Seu Dragão EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha; 2 Homem de Ferro 2 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

Waiting for Superman

canção

1 “We Belong Together”, Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 “I See the Light”, Enrolados
3 “You Haven’t Seen the Last of Me”, Burlesque
4 “If I Rise”, 127 Horas
5 “Shine”, Waiting for Superman

alternativas: 1 “Coming Home”, Country Strong; 2 “Better Days”, Comer, Rezar, Amar.

Mark Romanek

trilha sonora

1 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Hans Zimmer
2 O Discurso do Rei, Alexandre Desplat
3 Não Me Deixe Jamais EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Rachel Portman
4 Como Treinar Seu Dragão EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, John Powell
5 A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Trent Reznor, Atticus Ross

alternativas: 1 127 Horas, A.R. Rahman; 2 Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Alexandre Desplat.

Joe Johnston

maquiagem

1 Alice no País das Maravilhas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 O Lobisomem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

alternativas: 1 Ilha do Medo EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha; 2 Cisne Negro.

Mia Wasikowska

figurinos

1 Alice no País das Maravilhas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Colleen Atwood
2 O Discurso do Rei, Jenny Beavan
3 A Tempestade, Sandy Powell
4 Burlesque, Michael Kaplan
5 Tron: O Legado EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Michael Wilkinson.

alternativas: 1 3 Bravura Indômita, Mary Zophres; Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Jany Temime; 2

Daniel Radcliffe, David yates

direção de arte

1 Alice no País das Maravilhas EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Robert Stromberg; Karen O’Hara, Peter Young
2 O Discurso do Rei, Eve Stewart; Judy Far
3 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Guy Dyas; Lisa Chugg, Paul Healy, Douglas A. Mowat
4 Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Stuart Craig; Stephanie McMillan
5 Tron: O Legado EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Darren Gilford; Lin MacDonald

alternativas: 1 Bravura Indômita, Jess Gonchor; Nancy Haigh; 2 Cisne Negro, Thérèse DePrez; Tora Peterson.

Jeff Bridges, Joel Coen, Ethan Coen

montagem

1 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Lee Smith
2 A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Kirk Baxter, Angus Wall
3 127 Horas, Jon Harris
4 O Discurso do Rei, Tariq Anwar
5 Ilha do Medo EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Thelma Schoonmaker

alternativas: 1 Bravura Indômita, Roderick Jaynes; 2 Atração Perigosa EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Dylan Tichenor.

Martin Scorsese

fotografia

1 Cisne Negro, Matthew Libatique
2 Bravura Indômita, Roger Deakins
3 127 Horas, Enrique Chediak, Anthony Dod Mantle
4 Ilha do Medo EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Robert Richardson
5 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Wally Pfister

alternativas: 1 Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 1 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Eduardo Serra; 2 Atração Perigosa EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Robert Elswit.

Banksy

documentário em longa-metragem

1 Inside Job, Charles Ferguson
2 Waiting for Superman, Davis Guggenheim
3 Exit Through the Gift Shop EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Banksy
4 Waste Land
5 Um Filme Inacabado EstrelinhaEstrelinha, Yael Hersonski

alternativas: 1 The Lottery, Madeleine Sackler; 2 The Tillman Story, Amir Bar-Lev.

Xavier Beauvois

filme em língua estrangeira

(pré-selecionados)

1 Biutiful (México), Alejandro Gonzalez Iñarritu
1 Homens e Deuses EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha (França), Xavier Beavouis
3 Quando Partimos EstrelinhaEstrelinha (Alemanha), Feo Aladag
4 Fora da Lei EstrelinhaEstrelinha (Argélia), Rachid Bouchareb
5 Life Above All (África do Sul), Oliver Schmitz.

alternativas: 1 Incendies (Canadá), Denis Villeneuve; 2 Em um Mundo Melhor EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha (Dinamarca), Susanne Bier; 3 A Primeira Coisa Linda EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha (Itália), Paolo Virzi; 4 Son of Babylon (Iraque), Mohamed Al-Daradji; 5 Aftershock (China), Xiaogang Feng.

Lee Unkrich Pixar Disney

animação

1 Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Lee Unkrich
2 Como Treinar Seu Dragão EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Dean DeBlois, Chris Sanders
3 O Mágico EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Sylvain Chomet

alternativas: 1 Enrolados, Nathan Greno, Byron Howard; 2 Meu Malvado Favorito EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Pierre Coffin, Chris Renaud.

Lee Unkrich Pixar Disney

roteiro adaptado

1 A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Aaron Sorkin
2 Inverno da Alma, Debra Granik, Anne Rosellini, Daniel Woodrell
3 Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Michael Arndt
4 Bravura Indômita, Ethan Coen, Joel Coen
5 127 Horas, Danny Boyle, Simon Beaufoy

alternativas: 1 O Escritor Fantasma EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Robert Harris, Roman Polanski; 2 Rabbit Hole, David Lindsay-Abaire.

Annette Bening Julianne Moore

roteiro original

1 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Christopher Nolan
2 Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Lisa Cholodenko, Stuart Blumberg
3 O Discurso do Rei, David Seidler
4 Blue Valentine, Derek Cianfrance, Joey Curtis, Cami Delavigne
5 Another Year, Mike Leigh

alternativas: 1 Cisne Negro, Andres Heinz, Mark Heyman, John J. McLaughlin; 2 O Vencedor, Eric Johnson, Scott Silver, Paul Tamasy.

Jackie Weaver

atriz coadjuvante

1 Helena Bonham-Carter, O Discurso do Rei
2 Melissa Leo, O Vencedor
3 Hailee Steinfeld, Bravura Indômita
4 Amy Adams, O Vencedor
5 Jackie Weaver, Animal Kingdom EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

alternativas: 1 Mila Kunis, Cisne Negro; 2 Kristin Scott Thomas, O Garoto de Liverpool EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha.

Christian Bale

ator coadjuvante

1 Christian Bale, O Vencedor
2 Mark Ruffalo, Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Geoffrey Rush, O Discurso do Rei
4 John Hawkes, Inverno da Alma
5 Jeremy Renner, Atração Perigosa EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha

alternativas: 1 Andrew Garfield, A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha; 2 Sam Rockwell, Conviction.

Nicole Kidman John Cameron Mitchell

atriz

1 Jennifer Lawrence, Inverno da Alma
2 Natalie Portman, Cisne Negro
3 Annette Bening, Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
4 Nicole Kidman, Rabbit Hole
5 Michelle Williams, Blue Valentine

alternativas: 1 Lesley Manville, Another Year; 2 Hilary Swank, Conviction.

Colin Firth Tom Hooper

ator

1 Colin Firth, O Discurso do Rei
2 James Franco, 127 Horas
3 Jeff Bridges, Bravura Indômita
4 Jesse Eisenberg, A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
5 Robert Duvall, Get Low

alternativas: 1 Ryan Gosling, Blue Valentine; 2 Javier Bardem, Biutiful.

Natalie Portman, Darren Aronofsky

direção

1 David Fincher, A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
2 Christopher Nolan, A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha
3 Darren Aronofsky, Cisne Negro
4 Tom Hooper, O Discurso do Rei
5 David O. Russell, O Vencedor

alternativas: 1 Danny Boyle, 127 Horas; Joel e Ethan Coen, Bravura Indômita.

David Fincher

Danny Boyle, James Franco

filme

1 A Rede Social EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, David Fincher
2 O Discurso do Rei, Tom Hooper
3 A Origem EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Christopher Nolan
4 Cisne Negro, Darren Aronofsky
5 Inverno da Alma, Debra Granik
6 Toy Story 3 EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Lee Unkrich
7 127 Horas, Danny Boyle
8 Minhas Mães e Meu Pai EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Lisa Cholodenko
9 O Vencedor, David O. Russell
10 Bravura Indômita, Joel e Ethan Coen

alternativas: 1 Another Year, Mike Leigh; 2 Atração Perigosa EstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Ben Affleck; 3 Ilha do Medo EstrelinhaEstrelinhaEstrelinhaEstrelinha, Martin Scorsese; 4 Blue Valentine, Derek Cianfrance; 5 Rabbit Hole, John Cameron Mitchell.

3 Comments

Filed under Prêmios